sábado, 7 de janeiro de 2012

vento

sopra sempre suave
sempre em meses frios
o teu assobio;
ar que tudo sabes.

crâneo casca da cabeça

o noz é um cérebro
com casca
o crâneo a casca
da cabeça
a casca é dura
e é difícil
que se parta

e nós, que éramos
anteontem?
no crâneo a caspa
da cabeça
nos cai aos ombros
e no outono
a folha morta

desejo

...de algo menos cromático que um fim de semana
de algo mais complexo, como um anagrama!
obedecer à vontade,
ao desejo.

canetas

os sapatos não dão
a impressão de uma caneta,
a caneta impressiona muito mais
todos os dias como um relógio
um a um, de hora em hora
todos os vícios que teremos
um a um, de hora em hora
meta morfo logia ema se
meta se ema logia morfo
morfo ema logia se meta
Para quê servem os cadernos
senão para escrever?

Qual foi a última vez
que você escreveu?

Qual foi a última vez
que precisou?

Um dia eu precisei
e ninguém entendeu.

E o dia em que você entendeu
ninguém precisou.
e o ar me respira e me sente
mais do que o mar que eu molho
do seu olho que eu quero ver
e da sua boca que eu beijo assim

seus braços que eu abraço
e seu sexo que só eu gozo
e seu mundo que só eu giro
num suspiro seu, eu inspiro

e o sol que eu sinto e que queimo
me alenta e eu passo rápido
e a rapidez a passo lento
da vida breve que você me vive

Quero

Quero acreditar que nosso mundo é justo e perfeito que a maldade é só um conceito E o que nós une é o que não se vê Eu quero crer Que ...